Aprendendo Inglês em casa!

Quer aprender inglês mas não sabe como? Não tem dinheiro para pagar um curso de idiomas? Ou ainda sofre com a falta de tempo para se dedicar ao inglês? Se a resposta for sim para qualquer uma dessas perguntas pode ficar calmo que iremos te dar a solução perfeita para que enfim consiga aprender ingles facil e rapido e principalmente muito eficaz sem precisar sofre com os contratempos.

Para começar é necessário que você compreenda que aprender um novo idioma é muito mais do que simplesmente decorar as palavras, veja bem, quando você decora algo o seu cérebro apaga a informação logo após um tempos, muitas vezes em questão de horas você já esqueceu o conteúdo de toda uma aula, isso ocorre porque você simplesmente decorou os conteúdos.

Pensando nisso propomos que você deixe de querer simplesmente decorar os assuntos e comece a de fato aprender o novo idioma. Outro detalhe muito importante é que quando decidimos aprender um novo idioma é preciso muito mais que somente aprender as palavras e suas traduções, é preciso que você compreenda os diferentes tempos em que as frases podem ser formadas, os diferentes contextos em que cada frase é coloca e a forma como melhor adequar as diferentes situações do dia a dia. Para que você possa de fato aprender um novo idioma é preciso se jogar dentro da cultura, aprender mais sobre a história e o cotidiano.

Pronto agora que você já sabe algumas dicas importantes para aprender inglês vamos começar a falar como você pode aprender inglês dentro da sua própria casa.

Primeiramente temos que escolher o método que mais se encaixa com o seu perfil, primeiramente você precisa escolher por exemplo, que curso online deseja fazer, o curso pode ser tanto pago como gratuito.

Na internet existem vários cursos gratuitos que são excelentes e se você se dedicar da forma correta irá conseguir aprender um novo idioma com qualidade e sem sofrer com os horários ou a dificuldade no aprendizado.

Depois que escolher o método de sua preferência é hora de começar a pensar no seu material de apoio, esse material irá te ajudar a ampliar o seu conhecimento, por exemplo, faça exercícios em inglês regulamente sobre as coisas que aprendeu ao final de cada aula, fichamentos e anotações também auxiliam muito na hora de aprender um novo conteúdo e isso não seria diferente com o aprendizado de idiomas.

Em seguida procure colocar em pratica o que aprendeu, você pode buscar por amigos online ou em chats especializados para poder conhecer pessoas fluentes em inglês ou ainda tentar encontrar nativos norte americanos para te auxiliar no processo de memorização e adaptação.

Depois que encontrar com quem dialogar não perca tempo e tente manter ligações frequentes por Skype para ir tendo a cada dia mais pratica no idioma, no começa você irá sentir um pouco de dificuldade e terá de recorrer ao tradutor, mas isso é super normal, porém logo após um tempo que mantiver esse exercício irá perceber a facilidade que terá na hora da comunicação e chegara um ponto em que entenderá as palavras automaticamente.

Qualidade de Vida na Melhor Idade

Ter uma boa qualidade de vida na melhor idade é sinônimo de bons hábitos aderidos ainda na juventude

 

A cada ano que passa e à medida que a medicina avança, comprova-se que a idade biológica não depende da idade cronológica, mas sim de se ter bons hábitos ainda na juventude.

O envelhecimento é um processo biológico natural, em que o corpo sofre diversas alterações ao longo dos anos, afetando diretamente a saúde do ser humano. Essas alterações são gradativas e reduzem a capacidade funcional do organismo, desde a sensibilidade do paladar até os processos metabólicos, sendo influenciadas tanto pela genética como por fatores ambientais.

Fazer um check up anual é muito importante para descobrir doenças indesejáveis ou até mesmo para prevenir tantas outras.  A prática regular de atividades aeróbicas e exercícios, sempre de acordo com as limitações físicas e com orientação de um médico, contribui para a boa conservação da saúde.

Ter bons hábitos como leitura e a prática de estudos também são importantes para manter a mente em equilíbrio e garantir um envelhecimento saudável.

malhando

DICAS PARA MANTER SUA SAÚDE EM DIA

PRÁTICA DE EXERCÍCIOS FÍSICOS

 

A prática de exercícios físicos na melhor idade pode prevenir doenças como hipertensão, osteoporose, diabetes, além de contribuir diretamente com a melhora do humor.

Natação, entre outros exercícios praticados em água, vôlei, caminhada e danças, por exemplo, são aconselhados. Busque o esporte que mais lhe agrada e consulte seu médico, lembrando que, é de extrema importância que faça exames antes de iniciar práticas físicas e conheça suas limitações, caso elas existam.

 

MANTER-SE OCUPADO

Após a aposentadoria, muitos idosos entregam-se ao ócio, a rotina muda, filhos, trabalho, estudos já não fazem mais parte de sua rotina. As preocupações diminuem e o tempo livre aumenta.

Ocupar a mente é fundamental para manter a vida ativa. Se o idoso não tem condições financeiras de viajar, crie novos hábitos como leitura, jogos, esportes ou encontro com amigos. Atividades sociais e em grupo, além de diminuírem a solidão, também aumentam o bem-estar.

O convívio com a família é essencial para o envelhecimento com qualidade. Existem casos de filhos que abandonam seus pais nessa fase, o que é lastimável, considerando que esta, é a melhor época da vida de qualquer ser humano. O idoso é provido de grande sabedoria e experiência de vida, e seus ensinamentos podem ser passados aos mais jovens e familiares, colaborando para o crescimento pessoal e até mesmo profissional.

A ALIMENTAÇÃO

O fator mais importante para manter a saúde em dia e chegar à melhor idade com bons aspectos físicos externos e internos é a alimentação. Uma alimentação saudável consiste em suprir o organismo com todos os nutrientes que ele necessita, inclusive para a prevenção de várias doenças que decorrem do envelhecimento. Não esqueça de evitar o açúcar.

Procurar um nutricionista para indicar uma dieta balanceada é primordial, indispensável principalmente às mulheres, afinal os hormônios influenciam e muito no ganho de peso e equilibrar a alimentação é o principal recurso contra a obesidade.